segunda-feira, 23 de fevereiro de 2004

Mutts :o)
Bom, para começar há coisas que me chateiam:
sair da cama (sono),
fazer a cama (seca),
sair do duche (frio),
secar o cabelo (perda de tempo),
não saber o que vestir (confusão=armário),
ir para a rua quando está a chover (suspiro),
sei lá tanta, tanta coisinha chata.

Mas depois, claro, vêm as coisas que eu detesto e não são tão pequenas como isso. E quero abordar o que mais me tem irritado ultimamente. O cinismo e hipocrisia. Estas duas características de certas pessoas nunca me entraram na cabeça, porque para já não faz sentido uma pessoa não ter a frontalidade de dizer o que pensa e depois, escondê-lo de maneira maldosa (com boquinhas saloias e tentativas de desprezo), é o cumulo.
Ao longo da minha vida fui encontrando pessoas assim. Na escola, na faculdade, no autocarro, em todo o lado. Até entre supostos amigos, ou amigas.
É claro que há várias maneiras de dizer as coisas, quando não me sinto bem com alguém basta afastar-me dessa pessoa sem a ofender com um “és uma merda e não quero estar contigo” ou algo do género. Não deixo de lhe falar mas não sou simpática por favor. Se essa pessoa é próxima explico-lhe as minhas razões e assunto arrumado, se as coisas se resolverem ainda melhor. Agora, continuar a sorrir e tentar agir normalmente é que não. Poupem-me.
Sempre preferi explosões de raiva para mais tarde tudo ficar honestamente bem do que picadinhas nas costas de tanto mau carácter que anda para aí.
Não me considero uma pessoa superficial e se vejo alguma coisa que me desagrada digo. Não gosto de andar desesperadamente atrás de “gajos” porque é “giro” ter namorado, visto-me da maneira como me visto porque me faz sentir bem e não para impressionar o mundo mais arredores, não tenho muitos amigos e não finjo que os tenho, não odeio os homens porque “são todos iguais” até porque nem são, gosto de comer chocolate, batatas fritas e mcdonalds (ai... e comida chinesa.....nham), gosto de muitos tipos de musica e não tento gostar dos mais “cool” para as outras pessoas verem que eu também sou “cool” (seja isso o que for), EU SOU ASSIM. As outras pessoas têm todo o direito de não gostar porque há personalidades incompatíveis. Aceito críticas de bom grado porque todos devemos mudar para melhor. Agora, com maldade? Vai mas é vendê-la para outro lado!

Sem comentários:

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!