quarta-feira, 28 de novembro de 2007


Egon Schiele


self etcetera lay quietly
in the deep mud et

cetera
(dreaming,

et

cetera, of

Your smile
eyes knees and of your Etcetera)

ee cummings


:)

sábado, 17 de novembro de 2007

e pergunto à larva se dói tecer o casulo


Paul Klee



quarta-feira, 14 de novembro de 2007

e de repente é preciso muita força
para escovar os dentes
e a imagem no espelho torna-se ridicula
triste
de palhaço,
com os olhos vermelhos
os lábios brancos
os riscos transparentes
pela cara fora

terça-feira, 6 de novembro de 2007

dar de mim aos astros

"Avó Alda de lar da terceira idade
em lar da terceira idade
até morrer
a fugir para a rua
a partir braços
a arranhar a cabo-verdiana
contratada para tomar conta dela
arrancou os anéis dos dedos deformados
e foi pô-los na terra do vaso
da begónia
na varanda"

Adília Lopes
desfaz-se o azul na estratosfera.
e vive-se a vida de todos os dias com o corpo. a pele vai estalando.

por isso,
é fácil viver de madrugada e fácil
plantar abismos por dentro dos olhos,
repito:
os anos tendem a passar.



sexta-feira, 2 de novembro de 2007

o elevador cheirava a castanhas.
desde que chegou o frio anoitece cedo e o autocarro pesa nos ossos. as tardes no entanto continuam quentes. e é engraçado como as cartas-que-não-são-cartas dele tendem a chegar à tarde. quero dizer, a (acon)chegar-me à tarde.
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!