domingo, 26 de junho de 2011

Confesso desejar o corpo mergulhado em água fresca até ao queixo.
No entanto, e cá em casa, os quarenta graus de domingo passam-se em cuecas talhando grossas fatias de melancia. A melancia, como se sabe, come-se de forma javarda e sem decoro sorvendo indiscriminadamente as respectivas sementes e água. Quero lá saber se depois me crescem enormes e redondas melancias no ventre, fico saciada.

Sem comentários:

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!